6 maneiras de melhorar a saúde das mulheres

As preocupações de saúde das mulheres são um pouco diferentes das dos homens.

Essas dicas são para todas as mulheres, e em breve vocês vai se sentir melhor e com mais energia.

Para você ter o seu melhor em todas as idades, é importante fazer escolhas inteligentes de estilo de vida e saúde. Aqui estão seis coisas simples que as mulheres podem fazer todos os dias (ou com regularidade) para garantir uma boa saúde:

Dica de Saúde # 1: Ter uma dieta saudável.

“Você deve manter uma dieta saudável”, diz Donald Novey, médico do Medical Group in Park, Illinois. Isso significa uma variedade de frutas e legumes frescos e menos alimentos processados. Coma grãos integrais e alimentos ricos em fibras e escolha cortes mais magros de carne, peixe e aves. Incluir produtos lácteos com baixo teor de gordura em sua dieta também é bom – dependendo da sua idade, você precisa entre 800 e 1.500 miligramas de cálcio diariamente para ajudar a evitar a osteoporose, diz Novey. Evite alimentos e cque são ricos em calorias, açúcar, sal e gordura.

Comer de forma saudável irá ajudá-la a manter um peso adequado para a sua altura, o que é importante, porque o excesso de peso pode levar a uma série de doenças. Procurando um lanche saudável? Tente alguns vegetais crus, como o aipo, cenoura, brócolis, pepinos, ou abobrinha com iogurte, sempre usando pouca gordura.

Se você não está recebendo vitaminas e nutrientes suficientes em sua dieta, você pode começar a tomar um multivitamínico, com suplemento de cálcio, para se certificar de que você está mantendo uma boa saúde.

Dica de Saúde # 2: Exercício.

Doenças cardíacas são as principais causa de morte entre as mulheres na América, mas a pratica de exercícios pode ajudar a manter o seu coração saudável. Você deve se exercitar por pelo menos 30 minutos por dia, cinco dias por semana, se não todos os dias. Exercícios aeróbicos (andar, nadar, correr, andar de bicicleta, dançar) são bons para a saúde das mulheres em geral e especialmente para o seu coração, diz Sabrena Merrill, MS, do Lawrence, Kansas, personal trainer certificado e porta-voz do grupo American Council on Exercise.

Dica de Saúde # 3: Evitar hábitos de risco.

Fique longe de cigarros e pessoas que fumam. Não use drogas. Se você beber álcool, beba com moderação. A maioria dos estudos de saúde da mulher mostra que as mulheres podem consumir com segurança uma bebida por dia. Uma bebida é considerado cerca de 12 a 14 gramas de álcool, que é igual a dose alcoólica de 4,5 por cento a 12,9.

Dica de Saúde # 4: Gerir o stress.

Não importa em que fase de sua vida – filha, mãe, avó – uma mulher muitas vezes lida com muita pressão e estresse. “Tome alguns minutos todos os dias apenas para relaxar e obter sua perspectiva de volta”, diz Novey. “Não demora muito, pois a saúde mental é importante para o seu bem estar físico”. Você também pode gerenciar o estresse com exercícios, técnicas de relaxamento ou meditação.

Dicas de Saúde # 5: Aproveite o sol com segurança.

Excessiva exposição aos raios nocivos do sol pode causar câncer de pele, que pode ser mortal. Para se proteger contra o câncer de pele, use protetor solar com um fator de proteção solar (SPF) de pelo menos 15. Mesmo se você usar protetor solar fielmente, você deve verificar regularmente sinais de câncer de pele. Os sinais de advertência incluem quaisquer alterações no tamanho, forma, cor ou sensação de marcas de nascença, moles ou sardas, ou áreas de pele novas, aumentadas, pigmentadas ou avermelhas. Se detectar alterações ou se encontrar feridas que não estão se cicatrizando, consulte o seu médico.

Dicas de Saúde # 6: Faça o exame de câncer de mama.

A American Cancer Society já não recomenda o autoexame mamário mensal para as mulheres. No entanto, ainda sugere-os como “uma opção” para as mulheres de até 20 anos. Você deve estar atenta a quaisquer alterações em seus seios e relatar quaisquer preocupações com seu médico. Todas as mulheres com 40 anos ou mais devem fazer uma mamografia anual, uma mamografia é a maneira mais eficaz de detectar câncer em seus estágios iniciais, quando é mais tratável.

Os cuidados com a saúde da mulher precisam mudar à medida que ela envelhece, mas o básico da saúde das mulheres permanece o mesmo. Se você seguir estas seis simples dicas de vida saudável, você vai melhorar a sua qualidade de vida para os próximos anos.

 

Álcool: Faz bem para saúde ou causa riscos à saúde?

Quando se trata de álcool, quanto é demais?

Descubra o que os especialistas recomendam e como reconhecer os sinais de que você está bebendo demais.

Um grande número de estudos mostrou que a ingestão moderada de álcool pode diminuir o risco de doença cardiovascular em homens e mulheres. O consumo moderado significa uma bebida por dia para as mulheres e duas para os homens, diz Donald Novey, médico do Advocate Medical Group in Park Ridge. “A quantidades é definida pelo modo que homens e mulheres metabolizam o álcool”, explica o Dr. Novey.

“Quando você diz uma bebida, o tamanho dessa bebida é importante”, acrescenta Novey. De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA, uma dose de bebida é igual a:

  • 340 gramas de cerveja
  • 141 gramas de vinho
  • 14 gramas de bebidas destiladas como licor, gim ou whisky.

 

Os perigos de beber muito

Infelizmente, algumas pessoas não conseguem beber apenas um ou dois drinques. Demasiado álcool pode resultar em graves consequências para a saúde. A ingestão excessiva de álcool pode danificar o fígado, causando até a cirrose, uma doença fatal. Beber excessivamente também pode aumentar a pressão arterial e danificar o coração, e está ligado a muitos tipos diferentes de câncer, incluindo o de boca, esôfago, mama, próstata e o câncer colorretal. Os riscos para a saúde são ainda maiores para aqueles que não só bebem, mas que também fumam.

As consequências do consumo excessivo de álcool podem ser graves, não só para o alcoólatra, mas também para seus amigos e familiares. De acordo com o Instituto Nacional de Abuso de Álcool e Alcoolismo, mais de 16.000 pessoas morrem a cada ano em acidentes automobilísticos que envolvem motoristas bêbados. Outros dados indicam que um em cada três crimes violentos envolve o uso de álcool e até três em cada quatro incidentes violentos contra um cônjuge envolvem álcool. “O álcool é um depressivo, ele tem a capacidade de deixar as pessoas tristes ao longo do tempo, não felizes “, diz Novey. Quando deprimido, as pessoas podem fazer algumas coisas bastante infelizes para si e para os seus entes queridos.

Sinais de Abuso de Álcool

Como notar se você ou alguém que você conhece pode estar tendo um problema com bebidas? Os médicos costumam usar o teste CAGE, que envolve quatro perguntas simples, diz Novey:

  • Parando. Você já sentiu que deveria parar de beber?
  • Aborrecimento pela crítica. As pessoas lhe incomodam ao criticar sua bebida?
  • Sentimento de culpa. Você já se sentiu culpado por beber álcool?
  • A primeira coisa depois de acordar. Alguma vez você já bebeu logo depois de acordar para relaxar ou se livrar de uma ressaca?
  • Se a resposta a uma destas perguntas for sim, é provável que você tenha problemas com bebida, e uma ajuda profissional é necessária, diz Novey.

Outros sinais de um problema com bebidas

  • Você descobre que não pode parar de beber quando começar.
  • Você está tendo problemas no trabalho ou na escola.
  • Outras pessoas percebem como você está bebendo e comentam sobre isso.
  • Você não consegue se lembrar do que fez quando estava bebendo.

Regras de Moderação

Consumir não mais de uma bebida por dia para as mulheres e não mais de duas bebidas para os homens é seguro, e talvez isso deixe seu coração até mais saudável. Por outro lado, beber em excesso pode ter consequências graves. Se você acha que pode ter um problema com a bebida ou suspeitar que alguém que você ama esteja com problemas, procure ajuda profissional. Entre em contato com o seu médico ou com um grupo de apoio, antes que o abuso dessas substâncias cause danos irreparáveis.