Multivitaminas: você deve tomar uma?

O alimento é a melhor fonte de nutrientes, mas um multivitamínico pode ajudar a fornecer o que a sua dieta não consegue.

Descubra o que procurar em um multivitamínico diário.

Nossos corpos necessitam de muitas vitaminas e minerais diferentes para funcionar corretamente.

Vitaminas e minerais também nos oferecem proteção contra uma série de doenças, incluindo doenças cardíacas e alguns tipos de câncer ,como o cervical.

A boa notícia é que podemos obter a maioria das vitaminas e minerais que nossos corpos precisam diariamente, escolhendo os alimentos certos e comendo uma grande variedade deles.

Ainda assim, muitas pessoas tomam algum tipo de multivitamínico diariamente como uma apólice de seguro – apenas para ter certeza que eles estão recebendo todas as vitaminas e minerais que seus corpos exigem.

“Um multivitamínico é uma boa ideia para os oligoelementos”, diz Donald Novey, MD, em médico especialista em medicina integrativa do Advocate Medical Group em Park Ridge, Illinois.

“Você quer um multivitamínico que compense todas aquelas pequenas coisas que ficam na parte inferior da sua lista de ingredientes. Os que estão no topo da lista são familiares, coisas que vocês usam no seu dia a dia, os oligoelementos são o que geralmente faltam. ”

Os oligoelementos incluem cromo, ácido fólico, potássio, ferro, manganês, selênio e zinco.
Vitamina diária: nossas necessidades mudam com a idade

Os suplementos vitamínicos podem ser particularmente importantes durante certos estágios de nossas vidas, diz Novey. Por exemplo, as mulheres em idade fértil podem se beneficiar do ácido fólico, o que diminui o risco de alguns defeitos congênitos. Uma mulher grávida precisa de um multivitamínico, a partir do primeiro trimestre, para garantir que o bebê receba uma nutrição adequada. Mulheres ativas e mais velhas podem se beneficiar do aumento do cálcio, o que pode ajudar a prevenir a perda óssea e a fraturas. Os vegetarianos também podem se beneficiar de tomar cálcio, ferro, zinco e vitaminas B12 e D.

Importa a hora do dia você toma um multivitamínico? Na verdade não, diz Stephen Bickston, professor de medicina e diretor do Centro de Doenças Inflamatórias de Bowel, Virginia. No entanto, ele diz que algumas pessoas acham útil tomar vitaminas no mesmo horário todos os dias. Se ele se torna parte de sua rotina, eles são menos propensos a esquecer. Além disso, diz ele, algumas pessoas acham que se tomarem sua vitamina com comida, é menos provável que cause dores de estômago. “Muitas vezes recomendo que as pessoas tomem uma vitamina mastigável”, diz Dr. Bickston, “porque elas parecem ser bem toleradas, mesmo em pessoas que têm graves problemas digestivos, que é o que eu lido na minha prática”.

Vitaminas diárias: Dicas para comprar um multivitamínico

Você precisa comprar vitaminas de marca? Novey diz que as vitaminas são como qualquer outro produto de consumo: “Você consegue o que você paga”. Ele sugere a compra de vitaminas em loja de alimentos naturais ou do gênero. Leia o rótulo e certifique-se de sua data de validade. O conselho da US Food and Drug Administration sobre a quantidade a tomar – ou o Recommended Daily Allowance (RDA) – é muitas vezes escrito como “% DV” para a porcentagem de valor diário no rótulo. No entanto, tenha cuidado porque os DVs no rótulo não devem ser levados em consideração pois temos diferentes exigências de idade e sexo.

As multivitaminas podem ser benéficas, mas os médicos alertam para os cuidados de uma sobre carga de vitaminas no seu organismo. Raramente as pessoas precisam mais do que um comprimido de qualquer vitamina por dia.

Vitamina Diária: Assegurando uma boa saúde

Claramente, comer uma variedade de frutas e legumes frescos, grãos inteiros, peixe, carnes magras e aves e, produtos lácteos com baixo teor de gordura, é a melhor maneira de obter sua dose diária de vitaminas e nutrientes para manter seu corpo funcionando corretamente e para afastar todos os tipos de doenças. Mas tomar um multivitamínico diariamente é uma boa maneira de preencher as lacunas de sua dieta diária.

 

 

 

Álcool: Faz bem para saúde ou causa riscos à saúde?

Quando se trata de álcool, quanto é demais?

Descubra o que os especialistas recomendam e como reconhecer os sinais de que você está bebendo demais.

Um grande número de estudos mostrou que a ingestão moderada de álcool pode diminuir o risco de doença cardiovascular em homens e mulheres. O consumo moderado significa uma bebida por dia para as mulheres e duas para os homens, diz Donald Novey, médico do Advocate Medical Group in Park Ridge. “A quantidades é definida pelo modo que homens e mulheres metabolizam o álcool”, explica o Dr. Novey.

“Quando você diz uma bebida, o tamanho dessa bebida é importante”, acrescenta Novey. De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA, uma dose de bebida é igual a:

  • 340 gramas de cerveja
  • 141 gramas de vinho
  • 14 gramas de bebidas destiladas como licor, gim ou whisky.

 

Os perigos de beber muito

Infelizmente, algumas pessoas não conseguem beber apenas um ou dois drinques. Demasiado álcool pode resultar em graves consequências para a saúde. A ingestão excessiva de álcool pode danificar o fígado, causando até a cirrose, uma doença fatal. Beber excessivamente também pode aumentar a pressão arterial e danificar o coração, e está ligado a muitos tipos diferentes de câncer, incluindo o de boca, esôfago, mama, próstata e o câncer colorretal. Os riscos para a saúde são ainda maiores para aqueles que não só bebem, mas que também fumam.

As consequências do consumo excessivo de álcool podem ser graves, não só para o alcoólatra, mas também para seus amigos e familiares. De acordo com o Instituto Nacional de Abuso de Álcool e Alcoolismo, mais de 16.000 pessoas morrem a cada ano em acidentes automobilísticos que envolvem motoristas bêbados. Outros dados indicam que um em cada três crimes violentos envolve o uso de álcool e até três em cada quatro incidentes violentos contra um cônjuge envolvem álcool. “O álcool é um depressivo, ele tem a capacidade de deixar as pessoas tristes ao longo do tempo, não felizes “, diz Novey. Quando deprimido, as pessoas podem fazer algumas coisas bastante infelizes para si e para os seus entes queridos.

Sinais de Abuso de Álcool

Como notar se você ou alguém que você conhece pode estar tendo um problema com bebidas? Os médicos costumam usar o teste CAGE, que envolve quatro perguntas simples, diz Novey:

  • Parando. Você já sentiu que deveria parar de beber?
  • Aborrecimento pela crítica. As pessoas lhe incomodam ao criticar sua bebida?
  • Sentimento de culpa. Você já se sentiu culpado por beber álcool?
  • A primeira coisa depois de acordar. Alguma vez você já bebeu logo depois de acordar para relaxar ou se livrar de uma ressaca?
  • Se a resposta a uma destas perguntas for sim, é provável que você tenha problemas com bebida, e uma ajuda profissional é necessária, diz Novey.

Outros sinais de um problema com bebidas

  • Você descobre que não pode parar de beber quando começar.
  • Você está tendo problemas no trabalho ou na escola.
  • Outras pessoas percebem como você está bebendo e comentam sobre isso.
  • Você não consegue se lembrar do que fez quando estava bebendo.

Regras de Moderação

Consumir não mais de uma bebida por dia para as mulheres e não mais de duas bebidas para os homens é seguro, e talvez isso deixe seu coração até mais saudável. Por outro lado, beber em excesso pode ter consequências graves. Se você acha que pode ter um problema com a bebida ou suspeitar que alguém que você ama esteja com problemas, procure ajuda profissional. Entre em contato com o seu médico ou com um grupo de apoio, antes que o abuso dessas substâncias cause danos irreparáveis.